Senai Cimatec monta linha de envase de álcool 70% em 36 h

 

O Senai tem se empenhado em várias ações para ajudar a conter a disseminação do Covid-19. O Senai-SP, por exemplo, acaba de entregar o primeiro lote de 1 mil máscaras ao Hospital do Rim, de um total de 600 mil que devem ser produzidas em três meses. Já o Senai Cimatec, da Bahia, informa ter montado em apenas 36 h uma linha de envasamento de álcool líquido 70% a pedido do governo do estado.

 

A unidade começou a envasar o produto nessa terça-feira (24), e vai fazer a entrega do primeiro lote na sexta (27). A linha de montagem também tem a capacidade de fazer a diluição de álcool com outras concentrações.

 

“Fizemos uma adaptação do galpão ligado à biotecnologia, fármacos e produção de cerveja. Construímos, literalmente em 36 horas, uma linha de envasamento de álcool 70% toda em inox, com um tanque de recebimento de 2 mil litros. Com isso, a produção será por batelada e este tanque alimenta a linha que tem os pontos de envase. Contratamos 30 pessoas para esta operação e estamos contando com o apoio do corpo de bombeiros, que vai ser responsável pela segurança”, destacou o diretor do Senai Cimatec, Leone Andrade.

 

Walter Pinheiro, secretário estadual do Planejamento da Bahia, disse que produção deste álcool é fundamental para o enfrentamento da covid-19 e agradeceu o apoio recebido do setor industrial e empresarial. “Esta é uma operação de várias frentes, com o envolvimento do setor sucroalcooleiro, que está doando o álcool, de empresas que estão doando as vasilhas, os rótulos, as embalagens de papelão, além daquelas na área de logística. Então temos muito que agradecer o envolvimento de todos nesta força-tarefa”, pontuou.

 

Pinheiro ainda afirma que o álcool líquido 70% é importante para a assepsia e desinfecção dos diversos ambientes de unidades de saúde. “Imprescindível para limpeza de superfícies como cadeiras, bancos, mesas, maçanetas, ferragens e louças de sanitários, além de toda parte de utensílios médicos e das salas de UTI, como macas e todas as demais superfícies que precisam de assepsia constante, como aparelhos hospitalares e camas”, disse.

 

O presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban, informou que o apoio do Cimatec às diversas ações dos poderes públicos, especialmente ao plano de enfrentamento do governo ao coronavírus, faz parte de uma mobilização de toda a indústria baiana diante da crise. Nos próximos dias, a rede pública de saúde da Bahia vai receber 190 mil litros de álcool a 96% doados por usinas sucroalcooleiras que operam no estado. Com a diluição para 70%, a Bahia terá cerca de 260 mil litros para distribuir.

 

 

Fonte: Revista Usinagem Brasil

Please reload

Posts Em Destaque

Ronemak, soluções em corte!

October 17, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags